As opiniões emitidas neste blog, salvo aquelas que correspondem a citações, são de responsabilidade do autor do blog, em nada refletindo a opinião de instituições a que o autor do blog eventualmente pertença. Nossos links são verificados permanentemente e são considerados isentos de vírus. As imagens deste blog podem ser usadas livremente, desde que a fonte seja citada: http://ramonlamar.blogspot.com

quinta-feira, 31 de março de 2011

Trânsito, Faixa Azul e Guarda Municipal

Vejo com muita expectativa a retomada do sistema de Faixa Azul e da atuação da Guarda Municipal sobre o trânsito. Bom, na verdade nada de novo. Faixa Azul e ação policial sobre o trânsito são coisas óbvias que já existiram e é sempre bom que existam. Na verdade, o policiamento de trânsito foi desmanchado e a Faixa Azul sumiu de uma hora para outra, nem sei em qual momento. Não acho muito correto dar os parabéns para a retomada de ações que não deveriam ter desaparecido, mas um voto de confiança é importante. Não se está inventando nada, apenas corrigindo erros (graves) do passado. Pena que demorou 2 anos para o atual governo municipal perceber ou agir no sentido de fazer tal correção. Mas agiu... ainda bem!
De qualquer maneira, torço (e acho que torcemos todos, a maioria dos cidadãos pelo menos) para que as medidas tenham sucesso. Não será fácil e os guardas municipais terão que ter muita paciência e estopim tamanho extra para fazer a coisa funcionar bem. Já vimos que cumprir as leis aqui na terrinha é difícil. Acho que nem preciso elencar muitos exemplos.
Só posso, daqui do blog, desejar sucesso na empreitada! O espaço está aberto para quaisquer esclarecimentos ou comunicados que possam garantir a normalização do trânsito e dessas "regrinhas" de convivência entre motoristas e pedestres.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

E-mail piratão virótico!!!

Já cansei de receber e-mail com fotos da "festinha" que eu não fui, mandando atualizar os dados das contas de e-mail que não tenho, pedindo atualização dos dados das contas bancárias em contas de bancos que não sou cliente e agora recebo multas cometidas no meu carro que eu não tenho! Que saco!!!
Olha só esse aí abaixo. O que acho mais legal é o e-mail do remetente (secretaria@detran.go.gov.br e contato@construtorainformativo.com.br) e do destinatário (ralhes@uol.com.br e eu nem tenho conta no uol!!!


Esse outro chegou hoje também, é do Itaú-cover (abcpneus???). Veja o aviso do programa de e-mail sobre o link (janela amarela).

Vai, jacu, clica nos links pra ver o que vai acontecer!!!
Em caso de dúvida (são muito manjadas essas fraudes) copie um pedaço do texto e pesquise no google. Você logo saberá que se trata de fraude!

quarta-feira, 30 de março de 2011

"Revisão" dos números da dengue em 2010?

Que "matemágica" será essa que aconteceu com os números de 2010? Claro que deve haver uma boa explicação! Afinal de contas, saltar de nenhum caso inconclusivo em 2009 para mais de mil em 2010... claro que tinha algo errado.  
Pergunto: Será que dá para confiar nos inconclusivos de 2011 (que já são mais do que os confirmados: 59 a 15)?

Dados anteriores para 2010: 2388 casos de dengue clássica confirmados, 1088 ignorados/inconclusivos


Revisão dos números para 2010: 3234 casos de dengue clássica confirmados, 14 ignorados/inconclusivos


Reunião com o Secretário de Saúde (acho que só na reunião vamos entender como os números mudaram tanto):


Dúvidas: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Tem conserto?

Várias luminárias da orla da Lagoa Paulino e da Praça Dom Carmelo Mota (feirinha) estão danificadas... faz tempo. 
Tem conserto? Só uma nova? Ainda existem luminárias deste padrão a venda? Teria como suprimir algumas (trocar para iluminação de LED por exemplo) para poder remanejar os bojos e reconstituir as que estão danificadas?


Foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Lixo central

Bem atrás do Mercado Municipal - rua Ilka França - no lote ao lado da grande sapucaia que é imune de corte por lei municipal, onde começou-se a cavar a fundação de um prédio. O muro quebrado e o buraco das fundações está virando lixão! Ninguém vê.



Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

terça-feira, 29 de março de 2011

Jockey Clube (SP) e Lagoa da Chácara (7L)

Leia trechos da notícia publicada pela Folha de S.Paulo em 19 de março de 2011. Sublinhados por minha conta.

Chácara do Jockey vai virar parque público

VINÍCIUS QUEIROZ GALVÃO

                Um terreno de 151 mil metros quadrados vai ser tomado do Jockey Club de São Paulo pela prefeitura para a criação de um parque voltado para o esporte, na Vila Sônia (zona oeste). A desapropriação decorre da dívida de IPTU avaliada em ao menos R$ 150 milhões, além de pendências fiscais como multas por realização de eventos sem alvará e publicidade irregular.
                “A decisão já está tomada. O terreno tem de virar um parque, é sua vocação”, diz o secretário municipal de Esportes, Walter Feldman. A proposta tem o aval do prefeito Gilberto Kassab (DEM) e um decreto de utilidade pública, que atesta o interesse da prefeitura no terreno, já foi publicado,
                Com um processo de desapropriação em andamento na Justiça, a prefeitura ainda não sabe como será fechado o negócio: se fará um pagamento em juízo ou se trocará a dívida pelo terreno. Procurado, o Jockey não quis falar sobre a decisão de desapropriar a chácara para a criação de um parque. 

                A ideia para transformar a área verde num parque surgiu depois de o Jockey anunciar, há dois anos, a construção de prédios com 648 apartamentos para angariar dinheiro e pagar a dívida. Contrários à obra, os moradores se mobilizaram e ganharam apoio de professores da FAU-USP (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo), do Ministério Público e até da paróquia do bairro.
                Num sermão, o padre Darci Bortolini convocou os fiéis e criou um abaixo-assinado, que em dois tempos conseguiu 2.000 adesões. “Que construam prédios em outro lugar, não numa área verde. O trânsito não dá mais para andar, as avenidas estão saturadas. Com o metrô, o aluguel subiu muito e as casas estão todas à venda”, diz o padre Darci.
                “Adotei o tema do parque na disciplina de paisagismo na FAU. Os alunos estão criando projetos, que serão discutidos com os moradores e a prefeitura”, afirma Fábio Mariz Gonçalves, professor de urbanismo da USP. Segundo Gonçalves morador do bairro, o terreno é a última área verde da região e importante para absorção da chuva e conter enchentes.
                “Decidimos fazer uma mobilização na Vila Sônia. A discussão mais importante é a chácara. A questão é a especulação imobiliária que veio com o metrô e a operação urbana”, diz o morador e antropólogo Pedro Guasco, da associação Rede Butantã de Entidades e Forças Sociais. A intenção da prefeitura é criar uma escola técnica voltada para formação esportiva e instalar equipamentos urbanos para a prática de diversas atividades físicas. 
Puxa vida, vejam só quanta semelhança com a situação do nosso pretendido PARQUE NATURAL MUNICIPAL LAGOA DA CHÁCARA: vocação da área, a questão do trânsito de  um megaloteamento (que o local não suporta), o grande número de unidades habitacionais que se pretende construir (em proporção à área), última área verde da região, absorção da chuva, contenção de enchentes, especulação imobiliária do local. E vejam as diferenças: lá há apoio do prefeito, lá existe a possibilidade de pagar pela área sem discussão (depósito em juízo - discute-se depois), apoio do Ministério Público, apoio da Paróquia e apoio de um professor de urbanismo (aqui o "arquiteto renomado" quer o contrário).
Dá para pensar, não dá?

segunda-feira, 28 de março de 2011

Algazarra das maritacas

Passando pela Praça Dom Carmelo Mota (feirinha) não tive como não reparar a algazarra das maritacas. Parei, puxei a máquina e comecei a disparar. Consegui chegar próximo o bastante para ver o motivo de tanta alegria...

A festa das Maritacas. No meio uma Verdadeira totalmente assustada, pescoço esticado, procurando para onde fugir do converseiro das outras aves.
A Maritaca saboreando um botão floral da paineira, o motivo da festa toda.
Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

sábado, 26 de março de 2011

Será que somos "tudo froxo" mesmo?

Afinal de contas, essa pichação já deve estar fazendo aniversário de 15 anos, ou mais...
Ninguém se habilita a remover?

[Clique para ampliar]
A placa de novo, sem os efeitos especiais. Tem uma MARIA escrito também. Era MAFIA (Azul), aí algum galense modificou as letras. Agora fala sério, ninguém reparou isso? Deve ter mais de 15 anos que está lá. Estou procurando nos meus arquivos se tenho uma foto mais antiga. Se alguém tiver, manda!
Em resposta ao "quase pedido" do Saulo, que comentou sobre as outras lagoas, segue a placa da Lagoa do Cercadinho:

[Clique para ampliar]

Fotos: Ramon L. O. Junior

Evitar o desperdício parte de vocês, usuários. Nós, não!!!

Esse é o novo recado do SAAE, ao deixar o vazamento da Professor Abeylard continuar, continuar, continuar. Tinha que ser na unidade da bomba na bomba (por falar nisso, temos notícias da investigação?).
A cara não queima mesmo. Principalmente agora com o blog oficial (Em Foco) fechado. O negócio é "fazer de conta que não é conosco". Já denunciei (aqui). E vai mais. Estas fotos de hoje.

 

Já que a direção não toma a iniciativa, vou pedir para os funcionários, em especial aos amigos do Diário do SAAE e do Gota D'água. Sei que eles certamente terão a iniciativa de verificar a causa e a solução desse vazamento.

Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

PS.: E aquela fala do Leonardo Pittella durante a Audiência Pública do Boulevard onde ele disse suspeitar que os poços artesianos do SAAE na região da Fazenda Arizona não teriam licença (outorga) para retirar água. Alguma notícia também?

Brasil vai colocar mais água na gasolina e importar álcool

O título acima, da matéria publicada na Folha de S.Paulo (clique aqui), nos escancara o Brasil da desinformação. Leia toda a matéria, é melhor.
Afinal de contas, o Obama veio aqui para procurar álcool ou para nos vender álcool? Nós não compramos o que queremos (etanol com 0,4% de água) mas sim o que eles têm para vender (etanol com 1,0% de água) e aí - em vez de exigir do vendedor - mudamos nossos conceitos mesmo que isso implique em problemas para os carros no futuro? 
E ainda: "Um carregamento de gasolina importado pela Petrobras chegará ao Brasil até o dia 15 de abril para garantir o fornecimento ao aquecido mercado doméstico, informou à Reuters ontem o diretor de abastecimento da estatal, Paulo Roberto Costa. [...] Costa informou que as refinarias da empresa estão trabalhando a plena capacidade e produzindo 380 mil barris diários de gasolina, totalmente absorvidos pela demanda interna."
A tal autosuficiência  de petróleo é balela? Nossa autosuficiência é só para os tempos de crise? Conversa de campanha eleitoral? Papo furado? Prosopopeia flácida para acalentar bovino? 

Lembrei daquela piada: 
Um senador está andando tranquilamente quando é atropelado por um caminhão e morre. A alma dele chega ao Paraíso e dá de cara com São Pedro na entrada.
- Bem-vindo ao Paraíso! - diz São Pedro - Antes que você entre, há um probleminha. Raramente vemos parlamentares por aqui, sabe, então não sabemos bem o que fazer com você.
- Não vejo problema, é só me deixar entrar - diz o antigo senador.
- Eu bem que gostaria, mas tenho ordens superiores. Vamos fazer o seguinte:
você passa um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Aí, pode escolher onde quer passar a eternidade.
- Não precisa, já resolvi. Quero ficar no Paraíso - diz o senador.
- Desculpe, mas temos as nossas regras.
Assim, São Pedro o acompanha até o elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta se abre e ele se vê no meio de um lindo campo de golfe. No fundo ele vê o clube na frente do qual estão todos os amigos dele e outros políticos que haviam trabalhado com ele. Todos muito felizes em traje social. Ele é cumprimentado, abraçado e eles começam a falar sobre os bons tempos em ficaram ricos às custas do povo. Jogam uma partida descontraída depois comem lagosta e caviar. Quem também está presente é o Diabo, um cara muito amigável que passa o tempo todo dançando e contando piadas. Eles se divertem tanto que, antes que ele perceba, já é hora de ir embora. Todos se despedem dele com abraços e acenam enquanto o elevador sobe. Ele sobe,sobe, sobe e porta abre
outra vez. São Pedro está esperando por ele.
- Agora é a vez de visitar o Paraíso.
Ele passa 24 horas junto a um grupo de almas contentes que andam de nuvem em nuvem, tocando harpas e cantando. Tudo vai muito bem e, antes que ele perceba, o dia se acaba e São Pedro retorna.
- E aí? Você passou um dia no Inferno e um dia no Paraíso. Agora escolha a sua casa eterna. Ele pensa um minuto e responde:
- Olha, eu nunca pensei, mas... O Paraíso é muito bom, mas eu acho que vou ficar melhor no Inferno. Então São Pedro o leva de volta ao elevador e ele desce, desce, desce até o Inferno. A porta abre e ele se vê no meio de um enorme terreno baldio cheio de lixo. Ele vê todos os amigos com as roupas rasgadas e sujas catando o entulho e colocando em sacos pretos. O Diabo vai até ele e passa o braço pelo ombro do senador.
- Não estou entendo - gagueja o senador - ontem mesmo eu estive aqui e havia um campo de golfe, um clube, lagosta, caviar, e nós dançamos e nos divertimos o tempo todo. Agora só vejo esse fim de mundo cheio de lixo e meus amigos arrasados.
O Diabo olha pra ele, sorri e diz:
- Ontem estávamos em campanha. Agora já conseguimos seu voto!"

Lua Minguante

Foto na madrugada de 26/03/2011, em Sete Lagoas, MG.


Um pedido ao Claret: por acaso você não tem uma foto da lua minguante aí no hemisfério norte? Eu e minha filha gostaríamos de comparar com a visão dela que temos aqui no hemisfério sul. Há uma dúvida nossa sobre o formato da mesma (o famoso D ou C). Poderíamos até combinar de obter a foto no mesmo dia. Mas por favor, não apele e use um mega-ultra-plus-telescópio. Aqui foi feita com uma Fuji Finepix S2000HD com zoom máximo na combinação óptico + digital.

Foto: Ramon L. O. Junior

PS.: Uma das melhores coisas que fizemos aqui em casa foi mudar o "quarto dos computadores" para um que tem janela. Virado para leste tenho o show do nascer do sol e da lua, e de vez em quando umas novidades. É um privilégio pode trabalhar no computador e escrever aqui no blog com umas imagens dessas passando pela janela. Só para ilustrar (e sem ganhar nada da Casas Bahia), uma imagem  feita no final da tarde de anteontem de uma dessas novidades:






Balão, bando de pombos, caixa d'água da Boa Vista, nuvem...

Moradores de rua fazem peixada na orla da Lagoa Paulino

Confiram a matéria no www.setelagoas.com.br, clicando aqui.
A matéria mostra os peixes sendo assados numa fogueira na margem da Lagoa Paulino, próximo à Praça Francisco Sales, ou seja, num dos pontos mais movimentados das margens do centro da cidade. As fotos foram feitas pelo cidadão que se identificou como Ivo Butti e consta da coluna "Você Repórter", onde as pessoas podem registrar ou comentar diversos assuntos.
Dentre os vários comentários já postados por quem leu a matéria, a indignação com a falta de ação da Guarda Municipal e da Polícia Militar (que deveria ter monitorado tal ação pelo "Olho Vivo").
Junte-se essa matéria com a apresentação que fiz ontem na Câmara dos Vereadores sobre a situação das nossas lagoas e a conclusão é impublicável.
Causou-me surpresa o jornal online ter publicado o assunto no mesmo dia que recebeu as fotos. Lembro que, em relação às fotos que fiz da reforma da Praça do Canaã (segundo post publicado neste blog - clique aqui) houve uma demora de quase um mês pois estavam esperando "um parecer da prefeitura". Parece que o jornal online já não espera posicionamentos da prefeitura, ou seja, alguma mudança ocorreu na linha editorial.
A matéria mostra também a importância da participação de um cidadão que se indignou com o acontecido (espero que tenha sido esta a motivação), registrou o fato e encaminhou para o conhecimento de toda a comunidade. 

Ramon Lamar de Oliveira Junior

sexta-feira, 25 de março de 2011

Reunião Especial da Câmara: Água e Saneamento

O tema da reunião, “ÁGUA E SANEAMENTO URBANO NO MUNICÍPIO DE SETE LAGOAS: PROBLEMAS E PERSPECTIVAS”, em referência ao Dia Mundial da Água (último dia 22) foi debatido com a colaboração do Secretário Municipal de Meio Ambiente (Coronel Sérgio Luís Marques), pela Sandra Nogueira (SAAE) e pelos representantes de diversas entidades (incluindo os comitês de bacias hidrográficas). 
Minha participação se deu na forma da apresentação e comentário de slides sobre a situação das lagoas da cidade (clique aqui para ver os slides com pequena nota sobre o que foi comentado).
A participação da plateia foi fundamental para o sucesso da reunião, com destaque para os professores e alunos dos curso de meio ambiente da Escola Técnica de Sete Lagoas, mostrando-se a postos e interessados em estagiar, aprender e praticar os conhecimentos adquiridos.
Envio um parabéns especial à direção do SAAE, nas figuras da Sandra Nogueira, do Maiston Gonçalves e da Maria Fátima L'abbate, por não se furtarem de estar presentes para dar as explicações solicitadas e expor os planos da autarquia. O diálogo é sempre o menor e o melhor caminho para o entendimento. 
Também envio um abraço ao Hugo Lyra e aos funcionários presentes - e por extensão a todos os outros - batalhadores do dia a dia do SAAE. Aproveito para dar toda força aos blogs "A Gota" e "Diário do SAAE", que não fazem nada mais do que mostrar que os funcionários também têm direito de pensamento, manifestação e cobrança, como deve acontecer no estado democrático.
Aproveito mais uma vez para agradecer o convite da Câmara de Vereadores, em especial do Vereador Claudinei, colocando-me sempre à disposição para ajudar no crescimento sustentável da nossa cidade.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

quarta-feira, 23 de março de 2011

Nossa casa, nossa vida!

Trabalhando...
Consultando a patroa: - E aí, tá ficando bonito??? [Clique nas imagens para ampliar]
 Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior
Local: Praça Dom Carmelo Mota (feirinha)

segunda-feira, 21 de março de 2011

Só para entender e não esquecer: o Boulevard Santa Helena

Santa Helena que nos perdoe, mas não tem como não voltar com o tema. Antes que a memória curta se apague, convém mostrar de novo algumas (são muitas) das questões envolvendo o tal projeto "made in the thigh" ou "faite à la cuisse" (por tradução direta na ferramenta do Google Tradutor, os especialistas corrijam, por favor).

Clique na imagem para ampliar. Créditos: Google Earth
Área Rosa: Área de cerradão, com bom grau de preservação, onde se pretende construir o Condomínio 1 com 935 lotes de 600 metros quadrados.
Área Vermelha: Onde se pretende a construção de 90 prédios de 7 a 10 andares (são 90 lotes cada um com mais de 2000 metros quadrados, se cada lote tiver um prédio, é isso... mas como pode ter mais de um prédio por lote...). Essa área encontra-se entre a Lagoa da Chácara (área azul 1) e a área alagável (área azul 2). Não foi feito estudo hidrogeológico e geotécnico. Basta cavar um metro nas lagoas secas que já brota  água. Não se sabe se há cavidades no subsolo.
Área Laranja: A grande piada! É a Área Institucional para a prefeitura construir hospital, escola, creche, posto de saúde... área de rapel, tobogã, pista de skate! Haja Óleo de Peroba para apresentar um projeto como esse.
Se precisar, consulte o tópico sobre o assunto (clique aqui) com a planta do projeto sobreposta à foto de satélite.

 Ramon Lamar de Oliveira Junior

Convite: Reunião Especial da Câmara dos Vereadores

Acabo de receber o convite para a Reunião Especial da Câmara dos Vereadores sobre o tema da Água e Saneamento Urbano. Antecipadamente, eu já havia sido convidado pelo vereador Claudinei Dias para fazer uma breve apresentação sobre a Situação das Lagoas do Município de Sete Lagoas. Aproveitarei os minutos da apresentação para falar das lagoas sobre os aspectos da biologia, do turismo, da educação ambiental e da possibilidade de recuperação dos principais "cartões postais" da cidade. Abaixo, o convite:


CONVITE
O vereador Claudinei Dias (PT) convida para a Reunião Especial onde será debatido o seguinte tema: “ÁGUA E SANEAMENTO URBANO NO MUNICÍPIO DE SETE LAGOAS: PROBLEMAS E PERSPECTIVAS”

DIA: 24 de março (quinta-feira)
HORÁRIO: 18h30min
LOCAL: Plenário da Câmara Municipal (Av. Getúlio Vargas, 111 – 5º andar).

 Cabe ressaltar que no dia 22 de março é comemorado o Dia Mundial da Água: criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992. É destinado à discussão sobre os diversos temas relacionados a este importante bem natural. Nesse sentido, tornou-se uma tradição da Câmara Municipal a realização de debate sobre o tema, sendo de grande importância, a continuidade da discussão em torno da questão, sobretudo, no que concerne à busca de soluções relativas à coleta e tratamento do esgoto, fornecimento de água de qualidade, abastecimento da população e apresentação das medidas de educação ambiental adotadas, visando o uso racional da água em Sete Lagoas..
                     
A SUA PRESENÇA É MUITO IMPORTANTE! VENHA PARTICIPAR!

domingo, 20 de março de 2011

A ave e o inseto

João-de-barro (Furnarius rufus), às margens da Lagoa do Matadouro (Sete Lagoas / MG)
Abelha operária trabalhando no pé de limão.
Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Lua Cheia

Ontem eu não consegui captar a tal Lua Cheia que estava 14% maior do que o normal por se encontrar no perigeu de sua trajetória (ô trem bonito!!!). Mas a de hoje taí (em dose dupla)...

Às 20 h. e 25 min. em P&B para diminuir a aberração cromática. [Clique na imagem para ampliar]
Por volta das 19 horas. [Clique na imagem para ampliar.]
Fotos: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Sobre comentários no blog

Prezados leitores do blog,

momentaneamente modifiquei a opção de postagens para aceitar apenas usuários com contas de e-mail do Google (gmail). Tal mudança tem o sentido de evitar que pessoas usem o nome de terceiros através de outros mecanismos de postagem. A criação de contas do gmail é um processo simples que pode ser feito no site www.google.com. Provavelmente, em falta de melhor opção para evitar o mau uso da ferramenta de comentários, tal medida se consolidará como definitiva.
Agradeço a compreensão de todos.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

sexta-feira, 18 de março de 2011

Qual a situação da antena da CEMIG?

Dentro das dependências da UNIVERCEMIG existe uma antena que aparentemente tem mais de 12 metros de altura. A questão que se coloca é que, naquela região, são proibidas edificações acima de 12 metros. Trata-se da lei que protege o patrimônio cênico representado pela Serra de Santa Helena. 
Quando eu participei do CODEMA, lembro que não foi concedida a licença para instalação de antenas de celulares acima dessa altura na região. 
Fica então a dúvida: a antena da CEMIG está corretamente licenciada? Em caso afirmativo, isso não seria um precedente que acabaria jogando o efeito da referida lei por terra? Agradeço a quem puder dar mais informações.

Antena no pátio da UNIVERCEMIG. Clique para ampliar.
Dúvida e foto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Evitar o desperdício parte de nós!

O título deste post é o mesmo do que foi colocado no blog oficial do SAAE (Em Foco) no dia 14 de fevereiro último (clique aqui para acessá-lo).
Com base naquele post, estou fazendo uma denúncia: peço que verifiquem esse vazamento constante que ocorre aqui na Rua Professor Abeylard, 282. A água escorre direto para a calçada e daí para a rua. Percebe-se uma poça de água dentro do terreno (que deve ser um local propício para a proliferação do mosquito da dengue). 
Acho que não vai ser difícil encontrar o endereço. Fica naquelas instalações do SAAE que foram alvo do atentado a bomba (o tal que estamos esperando os resultados das investigações).


Fotos e texto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

E quem vai consertar?

Escrevi um texto sobre o problema da insensibilidade das autoescolas, direcionando todos os seus carros para áreas com o trânsito complicado. A questão, acontecida na esquina onde moro, havia atingido o limite do tolerável, uma vez que as obras do PAC ÁGUA estavam ocorrendo aqui a todo vapor. A Assessoria de Comunicação do SAAE achou por bem informar que a obra não era responsabilidade do SAAE, mas sim da Empreiteira PREFISAN, que havia sido contratada para a tal obra. (Leia o post e o comentário clicando aqui.)
Muito bem! Buracos feitos, buracos tampados em período de chuva intensa (todos sabemos que as coisas não dão certo assim) e agora a camadinha de asfalto (parece até cobertura de chocolate em bolo de cenoura) foi arrastada pelas chuvas e quem vai consertar o estrago? SAAE, PREFISAN, SECRETARIA DE OBRAS?

A imagem ao lado mostra o estado atual da Rua Major Castanheira. Pena que a profundidade dos buracos não pode ser percebida adquadamente.

Extra: Logo depois de ter postado esse tópico, saí de casa para trabalhar e o quê vejo? Estavam tapando o tal buraco-cratera-grota. Pensei: "puxa, ao chegar em casa vou colocar um elogio pro pessoal, afinal de contas já estão consertando o problema". Que nada!!! O buraco foi tampado com ARGILA!!! Isso mesmo, ARGILA!!! E poucas horas depois já está afundando, claro! E um morador comentou comigo: "- Primeiro o buraco, quando isso secar (se secar) será a poeira!" 
Confiram:

Trecho da Major Castanheira remendado com ARGILA!
Ah, e aí temos um brinde adicional ali no cruzamento da Major Castanheira com a Professor Abeyard: as fontes luminosas de esgoto! Veja o vídeo abaixo, bem curtinho:


Fotos, vídeo e texto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

quarta-feira, 16 de março de 2011

Yes, nós temos enchentes!

Vejam as imagens presentes do blog Diário do SAAE: cliquem aqui
Pedi permissão para postar as fotos aqui (no que fui prontamente atendido, meus agradecimentos aos amigos do Diário do SAAE). Mas é bom que todos visitem o referido blog. Vale a pena.
E mais imagens (agora da Castelo Branco) no blog da Alessandra Casarim (cliquem aqui).
Acorda, Sete Lagoas!

FOTOS DA ENCHENTE DE 16/03/2011 (com a permissão do blog Diário do SAAE)

Momento em que as águas invadiram as duas pistas da avenida próximo a Cossisa.

A força das águas arrastou blocos de asfalto danificando várias ruas.

Ponte de pedestres quase foi arrastada pelas águas.


Veículo estragado quase sendo arrastado pelas águas.

Vários veículos parados esperando o fim da enchente.


Av. Prefeito Alberto Moura, próximo a Cossisa Frigorífico, se transformou em um grande rio.

Reportagem do Jornal Sete Dias também mostra imagens do mesmo tipo: cliquem aqui.
Tá ficando complicado...

PS.: O blog oficial do SAAE (Em Foco) parou de novo?

E em Sete Lagoas...

O Secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão - Flávio de Castro - noticiou em seu blog que deixará a secretaria no próximo dia 31 de março. A saída do secretário deve-se, fundamentalmente, ao esvaziamento das funções de sua secretaria, responsável até então pelo DLO (Departamento de Licenciamento de Obras). Flávio e sua equipe imprimiram uma rotina de seriedade e legalidade na concessão dos licenciamentos, o que despertou a ira de vários setores. A cabeça do secretário foi pedida e o prefeito achou por bem retirar a DLO da responsabilidade daquela secretaria, transformando-a em secretaria puramente decorativa.
Bom, teremos um PRIMEIRO DE ABRIL sem o Flávio de Castro (e sua competente equipe) gerenciando o licenciamento de obras. Data adequada para começar uma nova etapa na vida da cidade. As porteiras estarão abertas para o Boulevard Santa Helena, para os loteamentos em áreas de risco e tudo mais do gênero! Êêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêêê!!!
Sete Lagoas, mostram os jornais locais, já está sofrendo com inundações e desmoronamentos. Vai piorar!
Parabéns aos vitoriosos na queda de braços! Clap  clap clap!!! Uhuuuuuuuuuu!!!
Parabéns ao Flávio de Castro e todos da sua equipe, que podem sair (e voltar) de cabeça erguida!

Ramon Lamar de Oliveira Junior

E no Japão...

<< Especialistas nucleares disseram que as soluções propostas para conter os vazamentos de radiação no complexo (de Fukushima) foram medidas desesperadas para conter essa que já é uma das piores catástrofes industriais da história.
"Isto é um pesadelo em câmera lenta", disse o físico Thomas Neff, do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT).
As autoridades estão apelando para jatos d'água, normalmente empregados contra motins e manifestações, para tentar resfriar o combustível nuclear no reator 3.
O novo recurso será utilizado depois do fracasso da tentativa de jogar água no reator através de um helicóptero militar.
A aeronave partiu nesta quarta-feira da vizinha cidade de Sendai para jogar água do mar sobre o reator 3 para resfriar o combustível que ameaça entrar em fusão. No entanto, os elevados níveis de radioatividade detectados nessa zona levaram a abortar a operação de última hora, informou a televisão nacional NHK, que citou fontes do Ministério da Defesa.
Os responsáveis da operação tinham advertido que jogar água do ar era uma ação delicada, já que o helicóptero não pode permanecer muito tempo sobre o reator por causa da elevada radioatividade e deve lançar a água passando várias vezes sobre o mesmo. >>
Matéria completa na Folha de S.Paulo (clique aqui)

terça-feira, 15 de março de 2011

Pede-se: Humanidade, solidariedade, caridade...

Este é o título da postagem assinada pelo Saulo Junior, meu aluno, no blog da Ordem Demolay #295. Vale a pena ser lido por retratar a questão dos moradores de rua de Sete Lagoas por um prisma mais humano.
Clique aqui.
A política de "tocar pombo de uma praça para outra ou de uma cidade para outra" não adianta. Precisamos de ações concretas e objetivas por parte dos órgãos de Assistência Social.

Conhecendo o Parque da Cascata (5)

8) Angiospermas: Gênero Cecropia, Família Urticaceae - As cecrópias são conhecidas popularmente como embaúbas. São árvores que podem atingir mais de 10 metros de altura, sendo consideradas pioneiras na formação da Mata Atlântica. Trata-se do alimento preferido do bicho-preguiça que, lentamente, se movimenta até o topo das ramificações para se alimentar das inflorescências e frutículos. Ah, não temos o bicho-preguiça no nosso Parque da Cascata.
O caule da embaúba é muito leve, sendo oco. Em seu interior é comum encontrar as formigas-da-embaúba, pertencentes ao gênero Azteca. Tais formigas têm uma relação de ajuda mútua com a embaúba. Ali encontram abrigo e alimento e em troca cortam os cipós que tentam subir nas árvores. Verifique que, em meio a muitas árvores dominadas por cipós, as embaúbas que possuem formigas estão limpas, sem cipó algum. Tal relação harmônica é chamada mirmecofilia. As formigas também evitam o ataque de alguns animais herbívoros. Basta algumas pancadas no caule e as formigas saem em disparada para ver o que está acontecendo: - Cadê o inimigo?
Algumas espécies possuem folhas prateadas e são facilmente localizadas em meio às matas de encostas de morros (de longe parecem com um pé-de-mamão de folhas prateadas).
A relação do bicho-preguiça com a embaúba é interessante, pois ao se alimentar dos brotos nas pontas dos ramos, o animal faz com que a planta desenvolva mais brotos laterais (como se fosse um jardineiro, provocando a formação de mais ramificações). Assim a planta tem vantagem pois forma mais folhas e faz mais fotossíntese e o bicho-preguiça-jardineiro consegue mais comida.

Copa da embaúba, livre de cipós.
Detalhe da ponta dos ramos com os brotos e inflorescências.
Fenda no caule, por onde entram e saem as formigas.
Formigas do gênero Azteca saindo do caule da embaúba.

Fotos e texto: Ramon Lamar de Oliveira Junior

Japão: fogo começa no reator 4.

"A Tokyo Electric Power Company confirmou que um incêndio no prédio do reator nº 4 da usina nuclear de Fukushima No.1. Os representantes da companhia, afirmaram em entrevista coletiva, que o fogo foi descoberto às 9:38, horário local, na terça-feira, perto da parte noroeste do 4º andar do prédio do reator."
Créditos: NHK World
Terça-feira 15 de março de 2011 - 11:48 (Horário do Japão)
(http://www3.nhk.or.jp/daily/english/15_27.html)

Dados recém atualizados da JAIF (Japan Atomic Industrial Forum, Inc):

[Clique na imagem para ampliar.] Observe que ainda não estão registrados os danos ao reator 4. Observe também a suspeita de dano na integridade da contenção do reator 2 e os severos danos à integrade do combustível (urânio) nos reatores 1 e 3. Agradeço ao Claret por ter enviado o link de acesso a esses dados.
Último relatório emitido: as coisas começam a complicar também nos reatores 5 e 6.
 No site da Folha de S.Paulo:
Nova explosão e incêndio em reatores da usina de Fukushima 1 aumentam alerta nuclear no Japão. Governo afirma que radiação do complexo nuclear é alta o suficiente para prejudicar a saúde da população nas áreas próximas à usina; alerta radioativo foi ampliado para um raio de 30 quilômetros.
A situação não anda nada boa em Fukushima. Notícia ruim atrás de notícia ruim. Está ficando difícil manter um otimismo em relação ao assunto. A melhor notícia que já chegou é a que se refere às providências de evacuação da população. No mais, estamos assistindo a medidas desesperadas para resolver um problema que antes era chamado de "improvável" e "quase impossível de acontecer". 
Infelizmente, não estou vendo a situação afastar-se do acontecido em Chernobyl, pelo contrário.
O povo japonês, mais uma vez, precisa das nossas preces.

Ramon Lamar de Oliveira Junior

domingo, 13 de março de 2011

Imagens do Japão antes e depois do terremoto/tsunami

Veja as fotos chocantes disponibilizadas na Folha de S.Paulo: clique aqui.
Google / Digital Globe

E a bomba do SAAE ou bomba no SAAE?

Não esqueci e não vou esquecer. Vamos caminhando para três meses do "incidente" e o resultado da apuração que se dizia "avançada e com vários suspeitos" foi prometido para 15 de janeiro. Estou muito propenso a acreditar nos boatos de que a "bomba" estava apenas guardada ali e que pertenceria ao próprio SAAE.

Mais notícias do Japão

Condensadas do site da NHK (para as noticias em português, clique aqui):

13/03/2011: Magnitude do terremoto no Japão é elevada para 9 graus

A Agência de Meteorologia do Japão informa que o forte terremoto de sexta-feira que sacudiu a costa nordeste do país teve magnitude de 9 graus e não 8,8 graus, como havia sido anunciado anteriormente.
A Agência de Meteorologia diz que a área do foco do terremoto de sexta-feira teve extensão de aproximadamente 500 quilômetros e largura de 200 quilômetros. Movimentos destrutivos ao longo da falha tiveram continuidade por mais de cinco minutos.
Segundo a agência, há registro de somente quatro outros terremotos em todo o mundo com magnitude de 9 graus ou superior. O maior deles, com magnitude de 9,5 graus, sacudiu a costa do Chile em 1960, matando mais de 1.600 pessoas. O terremoto causou tsunamis no Japão, onde 142 pessoas morreram.
Em 2004, o terremoto ao largo de Sumatra teve magnitude de 9,1 graus. O maremoto que se seguiu matou mais de 200 mil pessoas.

13/03/2011: Acúmulo de hidrogênio poderia provocar nova explosão em usina atômica de Fukushima

O secretário-chefe do gabinete do governo japonês Yukio Edano afirmou que uma explosão de hidrogênio pode ocorrer no reator número 3 da Usina Atômica Número Um de Fukushima. Em coletiva de imprensa na tarde deste domingo, o secretário-chefe disse que uma grande quantidade de hidrogênio pode ter se acumulado na parte superior do prédio do reator. O acúmulo seria causado por insuficiência do sistema de resfriamento do reator.
Segundo Edano, uma válvula de pressão foi aberta para diminuir a pressão dentro do reator e injetar água doce para resfriar o equipamento. Ele explicou que um problema na bomba teria causado a injeção de água do mar, e a instabilidade do sistema provocou uma queda drástica dos níveis de água.
Edano afirmou que uma explosão similar a que foi registrada no sábado em outro reator pode voltar a acontecer. Ele enfatizou que mesmo que uma explosão aconteça, o impacto não deve causar nenhum problema na válvula de pressão ou no núcleo do reator.
Nota do blog: o hidrogênio é gerado pela decomposição da água em altas temperaturas. Também é gerado oxigênio. A explosão a que a notícia se refere seria uma explosão convencional devido a queima do hidrogênio em um ambiente restrito.  

13/03/2011: Triagem da contaminação radioativa nos cidadãos

As autoridades sanitárias da província japonesa de Fukushima irão realizar o rastreamento de radiação para os moradores que viviam perto das usinas nucleares afetadas pelo terremoto.
Foi confirmado que 22 pessoas foram expostas à radiação após a explosão ocorrida na no reator 1 da usina.
As autoridades de saúde vão realizar exames em abrigos de evacuação em toda a província, e também fornecer um teste para os outros residentes que desejarem.
Se níveis altos de exposição forem registrados haverá a necessidade de descontaminação. Os moradores serão orientados a dispor de sua roupa e tomar banho. Os funcionários estão decidindo onde construir instalações de descontaminação.
Ontem foi confirmado que 19 pessoas sofreram exposição à radiação, elevando o total para 22. As autoridades negam que a saúde das vítimas esteja em risco.
13/03/2011: Acidente nuclear em Fukushima estimado em grau 4

O governo do Japão classificou o acidente na Usina Atômica Número I de Fukushima no grau 4 da escala internacional, que vai de 0 a 7. Duas substâncias radioativas, césio e iodo radioativo, foram detectadas nas proximidades do reator número um da usina no sábado. Sua presença indica fissão nuclear de urânio.
Segundo a Agência de Segurança Nuclear e Industrial, o combustível do reator teria derretido parcialmente. Esta é a primeira vez que um acidente do tipo é registrado no Japão. O nível 4 da Escala Internacional de Fenômenos Nucleares e Radiológicos inclui danos ao combustível e o vazamento de quantidades significativas de material radioativo dentro das instalações da usina.
Este é o mesmo nível registrado em 1999 no acidente em uma usina de processamento de combustível nuclear na vila de Tokai, província de Ibaraki, ao sul de Fukushima.

13/03/2011:  Mortes confirmadas acima de 1.300

Mais de 1.300 pessoas foram confirmadas mortas no terremoto e no tsunami que atingiu o nordeste do Japão nesta sexta-feira. A Prefeitura de Miyagi confirmou 515 mortes em Higashi-Matsushima, Kesen-numa e  Sendai.
Na cidade de Sendai, 200-300 corpos foram encontrados nas praias. Acredita-se ser de pessoas que foram arrastadas pelo tsunami. Operações de recuperação estão sendo prejudicados pelo grande número de destroços.
Na cidade costeira de Minami-Sanriku, a maioria das casas particulares e outras estruturas foram destruídas. Cerca de 10.000 pessoas, ou mais de metade da população total de 17.000, permanecem desaparecidos. Autoridades policiais da província de Miyagi dizem que o número de mortos em sua província é quase certo que exceda 10.000.

Fonte: NHK WORLD